Seguidores

terça-feira, novembro 25, 2014

Blog De Rocha encerra agora (amanhã a programação no meu novo site)

3
Após cinco anos e 10 dias, esta página encerra suas atividades. Criado em 15 de novembro de 2009, o De Rocha foi voltado para a Cultura e para que eu expusesse minha opinião sobre tudo. 

Encerro o blog, mas amanhã (26), o site De Rocha  será alimentado diariamente. Continuarei como comecei: jornalista e blogueiro com um endereço eletrônico ético e sem rabo preso com ninguém.

O De Rocha é, sem dúvida, uma das páginas mais visitadas do Amapá. Também rolam muitos cliques de fora do Estado. Torço para que essa audiência continue a crescer no novo endereço. A média é de mais de dois mil acessos ao dia. Agradeço aos 679 seguidores, leitores assumidos desta página. Nestes cinco anos, foram mais de 12 mil postagens e 2.858 publicados. 

Por aqui passaram vários colaboradores, cada um teve um papel importante na formação deste espaço e sou grato por isso. Agradeço também todos que leem, o De Rocha, sejam admiradores, colegas de profissão, blogueiros, críticos e detonadores (que de certa forma também são admiradores). 

O programador Bruno Santos, da SN Plus Tecnologia, fez um belo trabalho no meu site de notícias. Ele conseguiu importar todos os arquivos daqui para lá. A mudança visa praticidade para que eu trabalhe a parte publicitária do no site. Mas acreditem, não é fácil desapegar desta página.  

Apesar de ironia, polêmicas, sarcasmo, verdades doloridas de se ler, alfinetadas, acidez e até idiotice de minha parte, a fórmula continuará a mesma: divulgar eventos, publicação de textos de opinião, fotos, músicas, poemas, informativos, congratulações, críticas e etc. Enfim, conteúdo jornalístico, cultural e bobagens legais. Além de homenagens a pessoas queridas e minha sagrada família. 

Aqui a bola sempre foi minha.  Você pode discordar, mas é isso o que penso e ponto. Com essa frase, agradei muito mais do que provoquei repulsa.Ah, desculpem os palavrões em alguns textos, mas isso também é liberdade de expressão. 

Claro que cometi alguns erros, não poderia ser de outro jeito. Mas tudo é aprendizado. Agradeço a todos que ajudaram a construção deste espaço. É isso. Muito obrigado!

 “Acho que fiz tudo do jeito melhor, meio torto, talvez, mas tenho tentado da maneira mais bonita que sei" - Caio Fernando de Abreu

Elton Tavares

3 comentários:

  1. te seguirei por onde fores, amigo! sou fã e tu sabes... beijo, abraço e amasso... rs...

    ResponderExcluir